09 outubro 2010

Índio da Costa, um intolerante

Índio da Costa, político sem expressão, mas alçado à relevante posição de vice na chapa encabeçada por José "Aiatolá" Serra, tem dado mostras de ser pior ainda do que pensávamos.
Marcha da Família com Deus pela Liberdade - mas pode chamar de Golpe Midiático/Militar de 64


Provavelmente inflamado pela TFP - Tradição Família e Propriedade, organização de extrema-direita, católica, organizadora da "Marcha da Família, com Deus, pela Liberdade", nome pomposo dado às manifestações de grupos reacionários que pediram pelo Golpe Militar, em 64, e que, agora, pedem a eleição de José "Aiatolá" Serra- o playboy tem posto as manguinhas de fora e manifestado sua sincera vocação para líder da juventude nazi. Disse, recentemente, que:

que as pessoas devem ter o direito de se manifestar, inclusive contra os gays

Será que o cacique merendinha é capaz de reconhecer sua mesma lógica nas seguintes declarações? será que as defenderia?

que as pessoas devem ter o direito de se manifestar, inclusive contra os negros
ou
que as pessoas devem ter o direito de se manifestar, inclusive contra os judeus
ou
que as pessoas devem ter o direito de se manifestar, inclusive contra os evangélicos
ou
que as pessoas devem ter o direito de se manifestar, inclusive contra os ateus
ou
que as pessoas devem ter o direito de se manifestar, inclusive contra os X

?

Casos de intolerância sempre me fazem lembrar daquela citação atribuída ao pastor luterano Martin Niemöller, sobrevivente do Holocausto:

Primeiro eles viera atrás dos comunistas,
e eu não me manifestei porque eu não era comunista.

Então eles vieram atrás dos sindicalistas,
e eu não me manifestei porque eu não era sindicalista.

Então eles vieram atrás dos judeus,
e eu não me manifestei porque eu não era judeu.

Então eles vieram atrás de mim,
e naquele momento já não havia sobrado ninguém para se manifestar.

3 comentários:

Rufino Fino Filho disse...

Vá lá, divirta-se e manda a má disposição ás urtigas.
Visite:
www.batemtodos.blogspot.com

Imprensa na rede disse...

Meu nome é Tatiana Dias e trabalho para uma empresa de Comunicação e Marketing, na Espanha. Gostaria de saber se te interessa colaborar com uma campanha de publicidade de um site de classificados gratis no Brasil. Pagamos 25 euros por PayPal pelo trabalho.
Se está interessada na proposta, não deixe de entrar em contato comigo em este mesmo e-mail: tatiana.segala@gmail.com
Atenciosamente,
Tatiana A Dias

Vá se danar disse...

Exatamente, todo mundo tem direito de se manifestar, até os descerebrados como você e os vistos como intolerantes, como este que te escreve. Daqui a pouco seremos privados até de pensarmos em sermos contra qualquer coisa, pelo jeito que anda. É a essência do fascismo elevado à n-ésima potência... E você ainda acha que tudo bem!
Assim como você acha intolerância poder se manifestar, também acho intolerância me privar este direito.
Ignorante, tu é ignorante! Apenas isto!
Fui!