04 maio 2006

Presidentes se solidarizam com Morales na Argentina

Via Vermelho:
Os presidentes de Brasil, Argentina e Venezuela manifestaram solidariedade à iniciativa do presidente Evo Morales, que nacionalizou as reservas de hidrocarbonetos de seu país. Após três horas de reunião, os líderes apresentaram uma carta sobre o impasse criado desde o decreto 28.701, anunciado segunda-feira por Morales.
Vale a pena conferir, também, o editorial A crise na Bolívia e os pretensos nacionalistas.
Como se observa, a repugnante manipulação dos falsos nacionalistas tem outros motivos. Visa desgastar o governo Lula num ano eleitoral, implodir as negociações para a integração soberana da América Latina e ressuscitar a Alca – o projeto neocolonial dos EUA.

Um comentário:

Marina disse...

Mesmo quem só vê Jornal Nacional se intriga, espero, com algo que diria ser, no mínimo, contraditório: há uma crise por causa do presidente da Bolívia que toma de volta o que originalmente pertencia ao país, crise esta que parece prejudicar a Petrobrás (vide declaração de seu presidente); ao mesmo tempo, e no mesmo noticiário, vemos que as ações da Petrobrás estão subindo! O que isso quer dizer? Ou não há relação entre crises políticas e a bolsa de valores, ou não há crise.