12 outubro 2006

Mentiras e Chiliques

MENTIRA 1
Entre o muito que falseou no último debate na Band, Alckmin contou uma absurda mentira, com a cara limpa e aquela pose de sério que os tucanos adoram manter: disse ser contra a redução da maioridade penal.

Pois não é que Geraldo Alckmin é o autor do projeto de lei 1734/89 que visa exatamente reduzir a maioridade penal para os 16 anos? O projeto foi barrado por ter sido considerado inconstitucional (por unanimidade) pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).
Veja a justificação, abaixo:
MENTIRA 2
Falou também que teria vendido dois aviões durante seu mandato. O jato de prefixo PP-LHB foi vendido apenas em junho/2006, quando Alckmin já havia deixado de ser governador, após ter usado o jato durante todo seu mandato. O helicóptero de prefixo PT-EOH foi doado à Polícia Civil, mas ficou à disposição do governador, sempre que solicitasse.

É bom lembrar que:
  • O chamado "Aerolula" não pertence à presidência da república, mas à FAB.
  • O dinheiro para a compra do avião saiu do orçamento da FAB, a compra do Airbus está prevista no orçamento do plano de reaparelhamento da FAB, aprovado pelo congresso em 2001 (ainda gestão FHC).
  • O antigo avião, o Sucatão, estava em tão péssimas condições que vários países proibiam que o mesmo circulasse em seu espaço aéreo (os EUA inclusive). Segundo a Aeronáutica, o aluguel de um avião privado para o transporte do presidente no governo FHC custava US$ 12 mil por hora voada, contra US$ 2.100 no uso do AeroLula.
  • A economia em aluguel e em multas, que eram constantes, paga o valor do Airbus em cerca de 10 anos. A vida útil do avião é de 30 anos.
Chilique
Trecho de um programa da TV Australiana. Isso ele não faz por aqui, ia ser divertido.

Um comentário:

Nathalia disse...

Gostei do blog..
Parabéns!!



seria ótimo se fosse um pouco mais divulgado também..