29 dezembro 2006

Lógica Estadosunidense

O Conversa Afiada está muito bom hoje.

Não está na capa de nenhum jornal brasileiro, mas a invasão do Iraque matou mais estadosunidenses do que o 11 de setembro. E se somarmos a este número os soldados de outros países que também morreram, os civis iraquianos e os civis de outros países. Tem também os mortos no Afeganistão. Deve dar fácil uns dez 11 de setembro.

Esta é a lógica de Bush e estadosunidenses. Para evitar novos atentados basta invadir e destruir dois países, matar uma infinidade de civis, gerar o caos e no fim perder mais pessoas do que foram mortas em todos (somente um) os atentados que já ocorreram em seu país. Isto é com certeza muito melhor do que tentar saidas diplomaticas, pacificadoras e não autoritárias para resolver problemas de maneira permanente. É a lógica da direita burra de que violência se combate com uma violência maior ainda.

Interessante também a entrevista do ex-presidente, recém falecido, Gerald Ford. Republicano, mas se diz contrário a invasão do Iraque.

2 comentários:

Pérsio disse...

Fala Bruno.
Li essa matéria também sobre onúmero de de soldados americanos mortos no Iraque ser maior do que nos atentados de 11 de setembro.
E saiu sim no jornal.
Foi no Estadão. Não na capa, mas saiu.
Abraços.

PS: Saddam foi enforcado essa madrugada.

Elton disse...

Até a revista The American Conservative faz oposição ao Bush.
Duplipensar: Ser contra a pesquisa com células tronco, por que isto seria assassinato, e ao mesmo tempo aplaudir o enforcamento de Saddam.

Até que esta notícia, a do número de estadunidenses mortos, foi bastante divulgada pela Internet. Não sei como foi na imprensa de papel.