10 agosto 2007

Acordei com uma idéia conservadora

Hoje acordei com um pensamento estranho, uma idéia pronta que não sei de onde surgiu. A diminuição da jornada de trabalho levaria ao caos.

O fim da jornada inglesa, 40h/5dias, faria com que a produção diminuísse drasticamente. Surgiria recessão reforçada a cada ciclo, a quebradeira das empresas aumentaria o desemprego e haveria falta de produtos essenciais. Mergulharíamos em uma idade de trevas, algo como uma idade média contemporânea que duraria alguns séculos.

Parei por um momento e resolvi raciocinar. A jornada seria reduzida gradativamente, permitindo que toda a economia se acomodasse após cada passo. O desemprego diminuiria, pessoas teriam mais tempo para o lazer ou outras atividades enobrecedoras. Com cidadãos mais felizes viria a redução de muitos problemas, creio por exemplo que o desejo de matar o próximo diminuiria.

Ufa! Achei que aquelas previsões de que ao envelhecer nos tornamos conservadores, a la Edukators, estivesse acontecendo comigo. Resolvi então escrever um pequeno guia:

Guia do que fazer quando surgir uma idéia conservadora?
1º Passo - Pense racionalmente.
2º Passo - Se a idéia persite retorne ao 1º Passo.

2 comentários:

Elton disse...

Além do que, com o tempo extra disponível, haveria um aumento da demanda por bens e serviços, o que poderia aquecer a economia.

gnorante disse...

Tinha um parágrafo falando sobre este aspecto e comparando com uma das motivações para se acabar com o trabalho escravo. Lembrei que no caso dos escravos estes passariam a receber salário e não apenas teriam mais tempo livre. Acabei optando por remover o parágrafo inteiro.

Mas com certeza pessoas com mais tempo no mínimo viajariam mais, o que já aqueceria a economia.