08 janeiro 2007

Ele não tá de ácido

A página deste cara vale a visita:

A outra muito importante é que eu NÃO SOU CONTRA O DINHEIRO! (Gostou dessa babaca?) É isso ai, o mundo não tem uma cor só não meu chapa, só de branco o esquimó vê mais de trinta. Então não é porque eu critíco o excesso, que eu sou a favor da falta. Eu gosto de trabalhar e gosto de receber pelo meu trabalho. Gosto de comprar as coisas com moeda e nota e não com alface, ou ovelha. Gosto de ovelha e gosto de alface, também. Gosto de ar condicionado e de tomografia ultrasupermegacomputadorizada. Mas não penso no dinheiro como fim e sim como meio. Tem o pensamento clássico de pára-choque de caminhão que diz: "se dinheiro não traz felicidade, me dê o seu e viva feliz!". É isso ai! Aqui não tem nenhum radical, mas também não tem nem nenhum idiota. Tem um ser confuso, que acha que ganha menos do que outros pelo trabalho que faz, e trabalha menos do que outros pelo dinheiro que ganha. Mas ainda assim acredita num mundo onde a moeda de troca não seja mais importante que a troca, ou no caso com a recusa da troca, ou na maioria dos casos com a tomada a força. Eu acho, e acho sinceramente, que as revoluções tecnólogicas tem mais a ver com a nossa capacidade de criar o novo do que com a nossa capacidade de consumir o novo. E gostaria sim de viver em um mundo em que você não precise ler em todo lugar, que você não está bem por não tem determinado bem. E esse mundo, por incrível que pareça é esse que a gente vive. E sendo assim, sinto-me no direito de, não só me recusar a participar de determinadas modas e filosofias vencedoras, como de trabalhar para ridicularizar o que eu considero ridículo: a farsa do bom moço, que só quer o meu pescoço. Me processe.

3 comentários:

gnorante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
gnorante disse...

Este cara é bastante sensato.

Lembrei do garçom dizendo que preferia vencer no sistema do que tentar alterá-lo.

Prefiro tentar fazer as duas coisas, mais ou menos como o cara.

gnorante disse...

Estive em São Paulo sem acesso a internet nestes últimos dias. Retornei ao trabalho como chefe temporário. Entre um incêndio e outro não tenho tido muito tempo para postar.
Tentarei fazer melhor no resto da semana.